SP - 11 2305-9770

NOTÍCIAS

28/05/2018

AFETADA PELA DOENÇA CELÍACA (INTOLERÂNCIA AO GLÚTEN) A ATRIZ ÍSIS VALVERDE ACENDEU UM ALERTA PARA MÃES OU MULHERES COM A DOENÇA AUTOIMUNE E QUE PRETENDEM ENGRAVIDAR

A incapacidade ou dificuldade de digestão do glúten é uma doença autoimune, o que significa que a própria defesa do corpo ataca células do organismo, causando inflamação. Na doença celíaca, o processo ocorre na parede do intestino e é desencadeado pelo glúten, uma proteína presente no trigo, na cevada, no centeio e seus derivados. A doença celíaca é genética, portanto pode ser transmitida de maneira hereditária e por isso é preciso alguns cuidados com o bebê após o nascimento. Além de evitar o contato do recém-nascido com o glúten no início da vida, é importante submeter a criança ao exame chamado HLA DQ2/DQ8 para detectar se ele é ou não propenso a desenvolver a doença celíaca (intolerância ao glúten).

Os testes genéticos são muito importantes no diagnóstico precoce, evitando sintomas como diarreias, anemias e desnutrição. Após o diagnóstico é necessário retirar completamente o glúten da alimentação para os sintomas desaparecerem.

A EUROIMMUN Brasil disponibiliza todos os testes sorológicos de acordo com as diretrizes do ESPGHAN (The European Society for Paediatric Gastroenterology Hepatology and Nutrition) evitando testes invasivos desnecessários. Seguem a lista de testes disponíveis pela EUROIMMUN: Endomísio IgA e IgG, Anti-transglutaminase tecidual IgA e IgG, Anti-Gliadina IgA e IgG, além do teste genético HLA DQ2/DQ8. 

 

Para mais informações clique aqui.