DESCER

Técnicas

As reações imunológicas que envolvem a ligação antígeno-anticorpo podem ser visualizadas ou quantificadas por meio de diferentes marcadores para o antígeno ou para o anticorpo.

TÉCNICA Imunofluorescência

Imunofluorescência -

Imunofluorescência Indireta - Princípios do Teste

Antígenos expressos em células ou tecidos são fixados em uma superfície/lâmina (fase sólida). O soro do paciente é então adicionado na superfície para que anticorpos contra o antígeno pesquisado se liguem, formando um sítio de ligação antígeno-anticorpo.

Em uma segunda etapa, anticorpos marcados com fluoresceína e direcionados contra os anticorpos do paciente são adicionados a superfície, de modo que se liguem aos anticorpos do paciente. A fluoresceína é um fluoróforo que produz uma marcação visível ao se utilizar um microscópio de fluorescência.

A intensidade da marcação é proporcional a quantidade de anticorpos presentes na amostra do paciente. Assim, amostras positivas podem ser tituladas em etapas. 

Vantagens do Teste de Imunofluorescência Indireta

Inovações EUROIMMUN para a padronização e modernização da Imunofluorescência Indireta

Conheça a linha de Produtos da EUROIMMUN

Os produtos da EUROIMMUN, focados no diagnóstico clínico, são desenvolvidos de acordo com as necessidades epidemiológicas e são reconhecidos mundialmente no mercado laboratorial devido à qualidade e tecnologia de ponta utilizada para a produção dos testes, além de contar com uma equipe de profissionais qualificados para suporte ao cliente.